07 fevereiro 2007

Esclarecimento



Queira o leitor desculpar, se for caso disso, as minhas ausências vagamente prolongadas neste espaço. Justificam-se as ditas por haver, com alguma frequência, momentos em que nada conseguiria aqui escrever sem que o acto implicasse a partilha de visões profundamente acintosas daquilo que o universo tem mostrado ser. Terapia exorcista pública (ainda) não faz parte dos meus padrões de comportamento.

Dito isto, e remetendo-me para um post anterior, não quero deixar de afirmar publicamente que a campanha eleitoral relativa ao referendo sobre o aborto que mais me fascina é a protagonizada pelo Partido Humanista. É-me francamente impossível ficar indiferente ao amadorismo. E ao vídeo-amador. Defendam lá eles o que defenderem, têm o meu eterno respeito, para não dizer carinho.

Mas isto pode ser do meu ouvido, que é 1 pouco mouco.

Sem comentários:

Publicar um comentário