19 setembro 2005

Canções de desengate

Morrissey

Duas frases para ocasiões diferentes e para obrigar amantes a ouvir em fases difíceis. Ambas cantadas pela mesma pessoa, a da foto.

Numa situação de ruptura proposta pela pessoa querida, fazê-la chorar pela merda que está a fazer é fácil. Em “Unloveable”, ainda pelos Smiths, é só experimentar a partilha da audição de “I know I’m unloveable/ You don’t have to tell me/ I don’t have much in my life/ But take it, it’s yours”.

Numa outra ocasião, em que a potencial cagança extremada do(a) interlocutor(a) amado(a) faz questionar sobre a importância de quem está do outro lado do diálogo, é puxar de “The More You Ignore Me The Closer I Get”, já por Morrissey a solo, e fazer ouvir uma das mais fabulosas frases de petulância pop da História: “I am now a central part of your mind’s landscape, whether you care or do not”.

Mas isto pode ser do meu ouvido, que é 1 pouco mouco.

3 comentários:

  1. Tu sabes bem que eu te odeio porque tu vais ver o Mozzy tipo todos os dias. Isso é absolutamente horripilante. Mas a melhor linha do homem é: "Oh let me get my hands on your mammary glands." Se isso não engate, não sei o que será...

    ResponderEliminar
  2. Eu sei. Mas é a melhor linha do homem na mesma.

    ResponderEliminar