22 setembro 2005

Era difícil de perceber?

iPod Nano

Há uma porrada de tempo que dizia isto. O iPod Shuffle, aquela coisa pequenita que servia para tudo menos tirar bicas e informar sobre a canção a tocar nos nossos ouvidos, não fazia qualquer sentido. Pelo menos na estratégia da Apple, apostada em teoria em posicionar-se à frente dos outros.

Ora então está aqui o que desde o início fazia sentido, o iPod Nano, que, por mais pequeno que seja (2 GB no mínimo já não é peanuts, mesmo assim), sempre se mostra formoso com um ecrã colorido e informativo. Não o vou comprar por razões diversas, mas não podia deixar de dizer: porra, era difícil perceber que o iPod é isto?

Pede-se ao estimado leitor o favor de ignorar em absoluto a canção ilustrada na foto. É um exemplo infeliz.

Mas isto pode ser do meu ouvido, que é 1 pouco mouco.

1 comentário:

  1. Alexandre de Carvalho22 setembro, 2005 18:09

    Pedro, acho que não percebeste bem a cena da segmentação de mercado. o iPod é o iPod e o iPodmini (agora substituido pelo iPodnano). o iPod shuffle é apenas para o segmento de mercado dos chamados "flash players" (abaixo dos 150 USD, sem usarem drive magnetica) e continua a ser vendido. A questão para além de se prender com a segmentação, tem tb a ver com a facilidade de tecnologicamente fazer um produto como o iPodnano, que provavlemente so agora se tornou possivel (tanto em termos de engenheira como em termos de fornecimento dos componentes)... Só agora deve ser possivel manter o preço do iPodmini e po-lo com LCD cores, 4GB de flash memory (que de semestre em semestre desce de preço) e tudo isto num tamanho incrivelmente pequeno...

    ResponderEliminar