24 janeiro 2006

As cidades javardas

Mesmo sendo um abstencionista convicto, há sempre algo que consegue tocar-me vagamente em quaisquer eleições. Normalmente é o assunto que aqui me traz.

O que muito apreciaria saber é quem vai e quando vai retirar de todos os locais por onde passo as soberbas imagens propagandísticas em que constam as caras das pessoas que abaixo se encontram.

A celeridade do exercício do marketing político é assinalável durante uma campanha, com trocas e "evoluções" constantes ao serviço sabe-se lá de quê. Depois das eleições, porque ficam sempre estas imbecilidades nas paredes e nos chamados outdoors durante tempo praticamente incontável?

Incomoda-me.

Cavaco Silva

Manuel Alegre

Mário Soares

PORTUGAL - FRANCISCO LOUÇÃ

Garcia Pereira

Mas isto pode ser do meu ouvido, que é 1 pouco mouco.

Sem comentários:

Publicar um comentário