18 janeiro 2006

JML & SR

Simon Reynolds

Simon Reynolds (na foto) não é por diversas razões o meu jornalista musical preferido. Embora nutra pelo referido cidadão um tremendo respeito. Jorge Manuel Lopes, por seu turno, está em Portugal num lugar que praticamente só a si pertence, também por diversas razões, da qualidade da escrita à capacidade de antevisão e descoberta, passando pelo humor do melhor lote fabricado em inícios da década de 70 do século passado. Reler um a entrevistar o outro é uma delícia, simultaneamente uma lição de História e uma forma de me fazer crer que, às tantas, continua a existir essa coisa que tantos de nós amamos chamada "jornalismo musical". Ora leia aqui o gentil leitor aquilo de que falo.

Mas isto pode ser do meu ouvido, que é 1 pouco mouco.

2 comentários:

  1. Muitas verdades. O tom é de fã, mas que nunca perde a curiosidade e o profissionalismo. Adorei ler a entrevista.

    ResponderEliminar
  2. Nunca me farto de ler entrevistas ao Reynolds, valem sempre a pena, são sempre uma lição. E o JML é o SR 'tuga.

    ResponderEliminar